Hugo Souza falha, e Flamengo perde em dia de estreia de Rogério Ceni

Jovem goleiro entrou no segundo tempo, após Diego Alves sentir câimbras, e entregou o tesouro para Brenner, que marcou o gol da vitória do São Paulo por 2×1

 

 

Futebol – Copa do Brasil 2020 – Partida valida pelas quartas de final – Flamengo x Sao Paulo – Estadio Maracana, Maracana, zona norte do Rio – Foto Reginaldo Pimenta / O DiaReginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Por Venê Casagrande

O técnico Rogério Ceni começou a sua trajetória pelo Flamengo com o pé esquerdo. A equipe rubro-negra recebeu o São Paulo no Maracanã, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, e perdeu por 2 a 1. Os gols do Tricolor foram marcados por Brenner e o do Rubro-Negro foi feito por Gabigol.

O primeiro tempo foi movimentado, com o Flamengo optando por dar a posse de bola ao São Paulo. A estratégia de Rogério Ceni deu certo e tomou conta nos 45 minutos iniciais, tendo oito finalizações e nenhuma do adversário. O primeiro lance de perigo foi aos 15 minutos. Gerson roubou na saída de bola do Tricolor e lançou Vitinho. O camisa 11 rolou para Gabigol, de frente para Volpi, que finalizou pela linha de fundo, desperdiçando uma oportunidade incrível de abrir o placar.

Em seguida, Gabigol voltou a levar perigo ao gol de Volpi. Bruno Henrique roubou mais uma bola da defesa tricolor e tocou para o camisa 9, que rapidamente arriscou de fora da área para boa defesa do goleiro adversário. A pressão rubro-negra quase deu certo ao 25 minutos. Gabigol recebeu de frente para Volpi e finalizou no fundo da rede. O atacante chegou a comemorar, mas a arbitragem marcou impedimento, após lance sendo analisado pelo VAR.

A saída de bola do São Paulo foi o maior problema do time de Fernando Diniz na primeira etapa e quase comprometeu no resultado. Nos 15 minutos finais da primeira etapa, o Flamengo conseguiu pressionar e teve três boas chances. Após roubada de bola de Bruno Henrique, Vitinho recebeu na meia-lua e finalizou com desvio por cima do gol. Depois com Michael, após Luciano sair jogando errado, e o camisa 19 desarmar e finalizar mal. Antes do apito final, foi a vez de Bruno Henrique. Vitinho roubou mais uma bola no campo de ataque, deu belo drible da vaca em Bruno Alves e rolou para o meio. O camisa 27 chegou finalizando para boa defesa de Volpi.

Para o segundo tempo, Rogério Ceni mudou o time do Flamengo, sacou Michael e colocou Arrascaeta. Porém, quem fez o gol foi São Paulo, logo no primeiro minuto. Gabriel Sara deu belo passe para Brenner, sozinho com Diego Alves, finalizar deslocando o goleiro adversário. Mas, quando os tricolores ainda comemoravam, o Rubro-Negro empatou. Bruno Henrique deu bom passe para Gabigol finalizar, encobrindo Volpi.

Após o gol de Gabigol, um lance que preocupou a torcida rubro-negra. Aos nove minutos, Diego Alves caiu no chão e, com muitas dores, pediu para ser substituído, e Hugo Souza entrou. O clima de aflição tomou conta entre os membros da comissão, que chegou ao fim após Márcio Tannure avisar, através da assessoria, que o camisa sentiu “apenas ” câimbras nas duas pernas. Vale ressaltar que ele não disputava uma partida desde o dia 30 de agosto, quando sofreu lesão no ombro.

Em um segundo tempo com menos intensidade, Flamengo e São Paulo se arriscavam menos ao ataque e esperavam um erro do adversário para tentar um lance mais ofensivo. Aos 22, Ceni fez mais uma alteração: sacou Gabigol e colocou Thiago Maia e botou o volante para proteger mais o setor defensivo. E, aos 32, a última alteração: o treinador tirou Vitinho para colocar Pedro Rocha, que não entrava em campo desde 5 de setembro.

As alterações de Ceni não surtiram efeito, e o Flamengo foi pouco agressivo nos 15 minutos finais. O lance mais perigoso foi com Arrascaeta, aos 35, em um lindo chute de fora da área, e uma defesa de Volpi mais bonita ainda, fazendo uma tradicional ponte. Mas, aos 42, foi a vez de o Rubro-Negro entregar o tesouro para o rival, que soube aproveitar. Hugo Souza recebeu passe de Léo Pereira e foi tentar driblar Brenner, mas o atacante foi mais esperto, roubou a bola e chutou livre para o gol.

O gol do São Paulo foi um banho de água fria no time do Flamengo, que não mostrou poder de reação nos instantes finais e saiu atrás na briga pela vaga às semifinais da Copa do Brasil. As duas equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira (18), mas dessa vez será no Morumbi, às 21h30. Pela vitória ontem, o Tricolor terá a vantagem do empate.
Next Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist